8 de Julho de 2012

Reverência na Casa de Deus

“A reverência é um dos sinais de poder; a irreverencia, uma das mais seguras indicações de fraqueza. Nenhum homem atingirá as alturas se menosprezar as coisas sagradas.”
G. Cowper.

1. Porque mandou que o Seu povo erigisse um santuário?
Rª: “E me farão um santuário, e habitarei no meio deles.” Êxodo 25:8

2. Que disse Deus deveria ser considerado esse lugar em que Ele habita?
Rª: “Guardareis os meus sábados, e o meu santuário reverenciareis. Eu sou o SENHOR.” Lev. 19:30

3. Que diz Deus das coisas consagradas para o Seu culto?
Rª: “Também todas as dízimas do campo, da semente do campo, do fruto das árvores, são do SENHOR; santas são ao SENHOR.” Lev. 27:28 (Lev. 27:28).

4. Por que mandou Deus a Moisés a tirar as sandálias, junto da sarça ardente?
Rª: “E disse: Não te chegues para cá; tira os sapatos de teus pés; porque o lugar em que tu estás é terra santa.” Êxodo 3:5 (Jos. 5:15)
Nota: A presença de Deus santificou o lugar. Onde quer que Deus se encontre com o Seu povo, esse lugar é santo.

5. Depois de terminada a construção do tabernáculo de outrora, que aconteceu?
Rª: “Então a nuvem cobriu a tenda da congregação, e a glória do Senhor encheu o tabernáculo.” Êxo. 40:34 (2 Crón. 5:13,14).

6. Por que devem todos mostrar respeito pela casa de culto?
Rª: “O Senhor está no Seu santo templo; cale-se diante d´Ele toda a Terra.” Hab. 2:20.
Nota: a falta de reconhecimento disto leva muito a deixarem de manifestar pela casa de adoração o devido respeito. Nada parece ser mais apropriado para o culto divino do que reverência e o silêncio na casa de culto, em cujo interior só se deve ouvir o som de orações, louvores e acções de graças a Deus. tanto ao entrar como antes de sair da casa de Deus, é altamente apropriado e constitui excelentíssimo proceder que cada adorador incline a cabeça por alguns momentos em oração silenciosa.

7. Como manifestou Cristo a Sua consideração pela santidade da casa de Deus?
Rª: “E vieram a Jerusalém; e Jesus, entrando no templo, começou a expulsar os que vendiam e compravam no templo; e derrubou as mesas dos cambiadores e as cadeiras dos que vendiam pombas. E não consentia que alguém levasse algum vaso pelo templo. E os ensinava, dizendo: Não está escrito: A minha casa será chamada, por todas as nações, casa de oração? Mas vós a tendes feito covil de ladrões.” Marcos 11:15-17.
Nota: esta purificação ocorreu ao terminar o ministério público de Cristo. Houve uma purificação idêntica também no começo do Seu ministério. (ver João 2:13-17).

8. Com que puniu Deus Nadabe e Abiú por oferecerem fogo estranho ou comum no serviço do tabernáculo?
Rª: “E OS filhos de Arão, Nadabe e Abiú, tomaram cada um o seu incensário e puseram neles fogo, e colocaram incenso sobre ele, e ofereceram fogo estranho perante o SENHOR, o que não lhes ordenara. Então saiu fogo de diante do SENHOR e os consumiu; e morreram perante o SENHOR.” Lev. 10:1,2.
Nota: isto, tal como as duas purificações do templo, feitas por Cristo no começo e fim do Seu ministério (João 2:13-17; Mat. 21:12-16), mostra que Deus é estrito no tocante ao culto e ao procedimento dos adoradores na Sua casa. Em nenhuma igreja ou edifício dedicado especialmente ao serviço de Deus se deve permitir qualquer representação que não esteja em harmonia com o seu carácter sagrado nem seja conducente à reverência para com Deu e as coisas sagradas. Não se deve fazer da igreja um lugar de festas, conversas ou profanos entretenimentos e diversões.

9. Para que fim somos exortados a reter a graça?
Rª: “Por isso, tendo recebido um reino que não pode ser abalado, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus agradavelmente, com reverência e piedade; porque o nosso Deus é um fogo consumidor.” Heb. 12:28,29.

10. Em que espírito disse David que prestaria culto a Deus?
Rª: “Porém eu entrarei em tua casa pela grandeza da tua benignidade; e em teu temor me inclinarei para o teu santo templo.” Salmo 5:7.

11. Qual é a instrução dada por Deus através de Salomão é dada sobre o nosso comportamento na casa de Deus?
Rª: “GUARDA o teu pé, quando entrares na casa de Deus; porque chegar-se para ouvir é melhor do que oferecer sacrifícios de tolos, pois não sabem que fazem mal.” Ecl. 5:1

12. Para quantos pretendia Deus que a Sua casa fosse uma casa de oração?
Rª: “Também os levarei ao meu santo monte, e os alegrarei na minha casa de oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceitos no meu altar; porque a minha casa será chamada casa de oração para todos os povos.” Isaías 56:7.
Conclusão: O capítulo 56 de Isaías contém uma profecia relativa aos tempos do Novo Testamento. É evidente, pois, que Cristo proclamou um princípio geral, aplicável a todas as casas consagradas ao culto divino, quando, ao citar esta profecia, disse que a casa de Deus seria uma casa de oração para todos os povos. (Marcos 11:17

“Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18:20
Pr. José Carlos Costa